Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Ser ou não ser

 

Eu tive um professor que tinha uma teoria estranha ou talvez não… dizia ele:

Nós vivemos em função do que nos rodeia, poucas vezes somos apenas nós na essência, os outros influenciam a nossa forma de estar e agir...Dava aulas psicologia, mas lembro que na maioria das vezes não concordava com  muito do que ele dizia, não me fazia o menor sentido.

- Como achas que serias se fosse apenas tu mesma… só por alguns instantes?

Que pergunta estúpida, eu sou eu mesma! Não vou contra os meus princípios e a minha forma de agir vai de acordo com o que acredito!
Costumam dizer que sou insensível, intolerante, e até há dias que me sinto um elefante numa loja de cristais, mas não acho que seja de todo por insensibilidade, mas porque sou muito impulsiva, reconheço. Demasiado impulsiva.
Hipócrita! Uma pessoa que me conhece QB (e que estimo) disse-me que tive uma atitude onde  fui hipócrita!
Hipocrisia ou acto de fingir .. que finge sentimentos que não tem, expressa ideais que não segue.
Não me afectou, mas é óbvio que me deixou apensar no assunto (tanto é que estou aqui a escrever sobre ele)
E é aqui que se enquadra a pergunta do meu antigo professor.
Não sentindo que foi um acto de hipocrisia, será que não foi uma atitude tomada por tudo o que me rodeia?
Afinal não fingi sentimentos muito menos menti, mas disse o que supostamente alguém queria ouvir!  Alguém que me é indiferente é um facto, mas isto é um acto de hipocrisia ou agir de acordo ao que nos rodeia?
As atitudes que vamos tendo ao longo da vida não se compadecem sempre de vários factores?
Quantas vezes não moldamos as nossas atitudes e escolhas face aos outros ..?
Em família, se temos filhos pesam sempre nas nossas escolhas e atitudes perante a vida , e por norma são a nossa prioridade.
Quem é que nunca pensou primeiro nos filhos, no companheiro/a antes de tomar uma decisão? Se pensasse só em mim, ai sim estava a ser eu própria.
No emprego, quantas vezes damos um sorrisinho amarelo, mas no fundo apetece mandar tudo para o C*** caraças?
Em vez de dar o tal sorriso amarelo, se os mandar lixar (que é a vontade no momento) ai sim estava  ser eu própria.
Existem momentos e circunstancias que não sendo hipócritas vamos vivendo em função de tudo o que nos rodeia.
Eu não consigo disfarçar o que sinto, é por isso que choro e rio como uma perdida, e acho até, que o meu coração está directamente ligado à boca, pensei e quando dou por mim já o disse….
Compro guerras que na maioria das vezes não são minhas, as injustiças tiram-me do sério e ultimamente dou comigo a pensar que estou cada vez mais intolerante.

Falta de personalidade, carácter, princípios, estupidez, dá-me nos nervos … principalmente ataques gratuitos.. Não, não sou nenhum modelo a seguir, Longe, muito longe disso …mas hipócrita foi forte de mais.

Afinal o que é a hipocrisia... ?

Todos somos hipócritas uma vez ou outra?


«Foi só um  momento... e é sempre bom fazer alguém feliz;)»

 

publicado por Saia-Justa às 16:16
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Anda por ai um mau humor

 

Consequência das sociedades modernas ou talvez não, é um facto que as pessoas “perdem” a cabeça e irritar-se cada vez com mais facilidade, por toma lá aquela palha… com coisas mínimas, insignificantes, que, à partida, parecem não ter a mínima importância.
Se de manhã não encontramos a chave, é um stress! Se o carro da frente não anda, começa o reportório das pragas! Se alguém se atrasa um pouco, irritação! Uma palavra fora do contexto numa reunião … cai o “Carmo e a trindade “ Resumindo: passamos  o tempo inteiro irritados! Porquê...?
Irritamo-nos com coisas mínimas.

Desde as situações mais caricatas até às mais banais, os seres humanos andam cada vez mais irritados. Acabamos por (ser) protagonistas de situações surreais, agressividade verbal, e muitos chegam à física… na grande maioria das vezes para esconder as suas próprias frustrações.

Perde-se as estribeiras, e sem qualquer pudor, excedem-se e recorrem a métodos menos civilizados…   uma fila de transito, o carro que não pega, uma pessoa que ocasionalmente passa à frente numa fila … o comando da televisão…

Ó Cristo , anda por ai um mau humor que até faz chorar as pedras da calçada.

Desde as situações mais caricatas até às mais banais, os seres humanos andam cada vez mais irritadiços.

As pessoas perderam qualquer pudor em chamar nomes ao próximo, nem que para isso tenham que recorrer a métodos menos civilizados.
Também é verdade que hoje as pessoas tem uma vida mais agitada, que a correria do dia a dia origina um stress mais evidente.

Mas será natural e até normal que à mínima coisa, tenhamos tendência a  explodir de imediato quase gerando uma nova “guerra mundial”?

Sim e falo no geral, todos temos os nossos momentos…
O quem é que ganha com estes ataques de fúria e histerismo????
O coração é que não é!!
Não vale a pena perder o controlo, respirem fundo, contem até 10  e tente ignorar a situação … pode parecer complicado, e quase missão  impossível, mas é tudo uma  questão de auto controlo e de gerir melhor os  nervos:)
Depois vem os calmantes, anti depressivos, e tal qual zumbis é ver alguns a passear-se por ai completamente off da realidade.
Vá lá… se não o fizerem por vocês, pelo menos pensem no coração dos outros;)
 Gostava de dedicar este post a uma "simpática"   “senhora” que hoje se cruzou comigo e que gentilmente me mostrou o dedo e me dedicou uns mimos…  minha  cara, já vi melhores e até piores…  o verniz não era lá essas coisas, prefiro branco ou  transparente , temos pena:)

 

 
 

publicado por Saia-Justa às 13:55
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Até uma próxima…!!!!!!!!!

 

 

Por muitas considerações que nos possam fazer, por muitos que nos digam que não… nós somos bons, muito bons e temos a capacidade de viver e pressentir…

A vida é bela…!! A simplicidade de rir ou fazer rir, enfiar as mãos na terra, andar descalço, sentir a chuva no rosto, o cheiro da terra molhada, ser banhado pelo sol, correr, pular, gritar, dançar, sentir a beleza do vento, chorar, limpar lágrimas, namorar, beijar, fazer sexo, dar as mãos, amar, dormir, ver o mundo, crescer…  o sorriso de uma criança, de um filho ,as flores, pensar, e sonhar…

Eu ainda posso fazer melhor… posso rir-me um pouco de mim mesma … e não me esquecer de ser “criança” .É uma atitude saudável que pode muito bem ser o início de uma outra forma de estar na vida.

Um pouco de infantilidade, é como o caldo de galinha nunca fez mal a ninguém

1º Crianças somos nós a vida toda… o que muda são o preço dos brinquedos.

2º Nunca deixo de ter em mente que o simples facto de existir já é divertido

3º A vida sem musica seria um erro… por isso cantem… 

 

I don't wanna dance
Dance with you baby no more
I'll never do something to hurt you, though
Oh but the feeling is bad
The feeling is bad

I love your personality
But I don't want our love on show
Sometimes I think it's insanity
Girl the way you go

Don't wanna dance
Don't wanna dance
Don't wanna dance
Lá lá lá...

 

Até uma próxima…!!!!!!!!!

 

publicado por Saia-Justa às 10:27
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Saia justa , chique é chique

Voltei para casa com a saia do avesso.
A bem dizer , o  comportamento nunca foi meu ponto forte. Mas também não sou má pessoa.


Bom isto hoje esta confuso., também não é para menos, as vezes a saia justa tem destas coisas. Mas sempre fui supé–corajosa.
Compreensão…Eu tento! até  ouvi dizer que compreensão é aquilo que faz com que percebamos algo ou alguém diferente do que supomos ser normal .

Lá está,   respeitamos o modo  de ser, apesar de qualquer coisa e tentamos não julgar. Eu sou assim o mais possível.
Eu gosto de “descobrir” pessoas, todas as pessoas, diferentes mas o que gosto sobretudo é de pessoas..


Disse-me a minha tia Mariazinha :
- Se a menina vai ter com um piqueno devia trocar de saia.

Olhe querida tenho aqui as ultimas colecções de tudo quanto há de mais janota. Vista este Valentino que lhe vai cair lindamente e vai fazer uma vistaça.Leva esta Vuitton  que tá sempre na moda, tá a ver. E não esqueça o Rolex . Embora seja tudo da feira de Carcavelos um piqueno apaixonado nunca vai notar. .


Nem pensar é que  sou supé- simples.
O (jója)sabe que não ligo a esses luxos. Não sei se tem sangue azul mas no mínimo roxo deve ser.

Muito culto, o seu livro de cabeceira é o livro de cheques.
 É um homem supé viajado tanto está hoje aqui como amanhã toma o pequeno almoço em Paris e a seguir janta em Nova York com negócios em todo o mundo inclusive no  do Bubai .


Claro que estou impressionada com tudo o que o (Jója) me disse .

Mas eu tambem sou muito bem nascida! Quer dizer bem nascida porque a minha família é do melhorio.  Tem nome apelido e essas coisas todas Em termos de parto embora estivesse lá não me lembro.


Fantástica é o meu nome do meio.

O aspecto dos 25 mantêm-se, tão a ver, só que agora é tudo em bom. Como tenho uma alimentação supé saudável sou magra e gira.
 Não gosto de luxos acho psidonio . Tenho gastos do mais simples possível carteiras só Gucci e os sapatos Manolo Blahnick é por causa dos joanetes tão a ver, não os tenho mas mais vale prevenir.


Saia justa  Prada  e com um top supé fashion comprado na feira hippy de Ibiza  ( aqui entre nós foi na feira de Carcavelos mas isso agora também não  interessa nada) lá fui eu ao encontro do meu encantador “namorado”

 Expectante… tínhamos combinado este encontro mas estávamos em vias de viajar..

Esta gente rica do jet sete ainda me consegue surpreender… estão  assim com um aspecto, como vou dizer…. Há já sei,deve ser  é para disfarça..! Não vá alguém lhe oferecer emprego no sector das vendas..

Então o aspecto é assim entre o hippy pouco chique e a boutique alcofa / feira da Buraca.


Mas eu gosto de pessoas, já disse que gosto. E tentei entender…
Quanto há viagem , deu-me a desculpa que já tinha viajado tanto, tadito tava supé cansado.  Sugeri-me então uma viagem de eléctrico do Rossio ao Castelo . O  almoço… (A menina sabe que é fantástico e fica lindamente dizer aos seu amigos que teve misturada com os pobrezinhos.)foi numa simpática tasca típica e um charro para sobremesa.

 

A saia do avesso? Não, não foi de sexo… começo ate a desconfiar que é gay. Que me desculpem os gays..


Agora digam lá gente fina não é outra coisa..?

 

Momento zen sorrir faz falta
 

publicado por Saia-Justa às 22:06
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 29 seguidores

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ser ou não ser

. Anda por ai um mau humor

. Até uma próxima…!!!!!!!!!

. Saia justa , chique é chi...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.últ. comentários

Pois eu achei o máximo
Para inicio de conversa , quando me quiser confess...
Cómico
O tempo passa;)A verdadeira personalidade da “che...
Pontos de vista... Há quem se deixe seduzir por um...
Um bom filho a casa torna… ora se não é o RA ..:))...
Publicidade duvidosa (risos)
Esta ou a outra? Fico sempre na dúvida. Ou como di...
E outra que não necessitam de explicação;)
Há coisas que nem o café explicam...hehe
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub