Sexta-feira, 8 de Maio de 2009

Há coisas em que eu sou gajo

 Cremes para isto e para aquilo, pele seca, estragada, borbulhas, rugas, com ou sem colágeno, para olheiras ou papas nos olhos, frascos e frasquinhos boiões de todas as cores. Perfumes, rímel, lápis, batons, blush, pincéis… Saias “mini” e saltos altos. Nunca dispenso uns saltos altos!!
Mas há coisas em que sou muito gajo. Sou gajo pronto! “Não travesti”
Adoro ler o jornal de manhã  numa esplanada, uma boa discussão com cerveja e tremoços à mistura. Pelo-me por um bom jogo de futebol in loco, grito, berro, uso o vernáculo com muita frequência, principalmente para mimar o arbitro (mas sou uma senhora).
A amiúde, mostro o dedo do meio aos outros condutores (e já me ia lixando) principalmente a elas, se há sitio onde as gajas não dão uma abebia é no transito (são umas cabras)
Consigo estar pronta a horas, ou quase a horas.
Tenho pouca paciência para o” complicometro “das gajas e sé há coisa que me irrita é a indecisão, o nem não nem sim. Aqueles não que são sins ou aqueles talvez que não são nem sim não nãos.. Aquelas frases dúbias meias ditas e meias por dizer. Definitivamente não tenho pachorra.
Cabeleireiro para cortar 2  centímetros de cabelo, , nem mais nem menos, apenas 2 centímetros. Um dia para nos mimar..: Cabelo, pés, mãos,  depilação, massagens e compras… Isto  é quando o meu lado de gaja  vem ao de cima…o de gaja mais gaja não há. Nada como um trapito novo para animar.
Gaja que é gaja abre o roupeiro onde têm (mil peças) e consegue dizer: “porra não tenho nada para vestir” porque na hora de sair, sei lá  quero estar poderosa, ou se assim-assim…bem assim-assim ninguém quer estar e eu muito menos.
Mas como é que sei se me apetece vestir uns jeans , um belo de um vestido, ou a mini-saia.  Nas compras, sou assumidamente gaja e consumista. Botas, sapatos…sempre sapatos que é como quem diz sandálias de todas as cores e feitios e as malas ou sacos a condizer.
Mas sou muito gajo porque não complico o fácil, não tenho paciência para as chantagens de lágrimas e não sou controladora.
O humor é a melhor arma....
 Mas se me fodem os cornos sou assumidamente gaja que facilmente se transforma numa cabra,e se me pisam os “calos” (gajo ou gaja) estão fodidos e nem sempre de forma diplomática.
Definitivamente há coisas em que eu sou gajo …assumo que gosto de sexo, sem dramas , sei o que quero com a mente desocupada…e com um belo de um sorriso na cara…Capicce ou não capicce nada?

tags: , ,
publicado por Saia-Justa às 11:44
link | comentar | ver comentários (6) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 29 seguidores

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Há coisas em que eu sou g...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.últ. comentários

Pois eu achei o máximo
Para inicio de conversa , quando me quiser confess...
Cómico
O tempo passa;)A verdadeira personalidade da “che...
Pontos de vista... Há quem se deixe seduzir por um...
Um bom filho a casa torna… ora se não é o RA ..:))...
Publicidade duvidosa (risos)
Esta ou a outra? Fico sempre na dúvida. Ou como di...
E outra que não necessitam de explicação;)
Há coisas que nem o café explicam...hehe
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub