Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Olha ele tão sexy..Nem sempre foi assim!!

 

 

(Adoro o pormenor da perninha..)

Maquilhagem, saltos altos, cabelo comprido e saias… (justa)


Ora vamos lá ver, dizem alguns… isso é conversa de mulheres, linguagem de gaja é um universo onde se sentem como peixe na agua…
A todas nós, se não todas quase todas , já aconteceu pedir uma opinião ao companheiro, ou até a um amigo sobre uma determinada roupa, maquilhagem ou penteado


- Gostas desta saia, é gira não é..? ou achas que aquela ali mais curta condiz mais comigo..?
- Estou a pensar dar um corte no cabelo… ? e  fazer umas nuances, o que te aprece?
-Aquele batom vermelho é fantástico.. E com uma blusa preta realça o meu tom de pelo, não achas?
Se não querem ser desagradáveis, uma parte da espécie masculina concorda por educação mas sempre sem grande entusiasmo, os restantes acham que não sabem, não tem opinião porque é uma área que não dominam… isso é coisa de gaja.

Ou seja, gajo que é gajo detesta ir as compras com as mulheres e segundo eles, os motivos são vários…
A indecisão, entram em 100 lojas para comprar as calças de já experimentaram na primeira loja. São consumistas e adoram bater perna nos espaços comerciais. Pedem opinião sobre uma coisa que um gajo não domina e acabam por comprar o que lhe parece..!


Isso é definitivamente uma coisa feminina que os homens não entendem e alguns até tem complexos de dar palpite.
Mas será tanto assim… Feminina…?
Feminilidade ou masculinidade não se qualificam, ou pelos menos não deviam,  por ser perceber destas coisas “pequenas” que muitos consideram universo feminino.
Alias, num existe indumentária, maquilhagem, saltos altos ou cabelo comprido que se possa considerar como uma coisa intrinsecamente,  feminino, muito pelo contraio… Tudo  isto eram coisas de gajo que é gajo… ou seja de gajo há seria!! Deixou de o ser quando a sociedade assim o definiu e vá se lá saber porque…


Os saltos altos por exemplo, é coisa de gaja???
 Sim, na sociedade actual . Mas no tempo de luís XIV eram masculinos. Os duques os marqueses e os fidalgos das cortes empoeiravam o rosto, usavam perucas e sinais postiços, apelavam-se pelas casacas estampadas, os lenços de renda e costumavam andar empoleirados em saltos altos de dez centímetros ou mais… e segundo dizem o monarca que impôs a moda na corte foi macho suficiente para fazer uma dúzia de filhos…


O cabelo comprido, é masculino ou feminino???
Bem, o Sansão era um homem muito homem… um macho daqueles fortes e sarados..!! A acreditar no que está escrito, usava o cabelo comprido, e de certeza todos sobem a lenda da forma como perdeu a força de dez leões, dizem… foi quando a malvada da Dalila lhe cortou o cabelo.
Na maioria das tribos os guerreiros têm cabelo comprido. Os mandarins chineses também deixavam crescer o cabelo e entrelaçavam-no com tanto requinte que faria inveja a muita mulher. (e também deixavam crescer as unhas que pintavam)
Já as mulheres de algumas tribos, as virgens usavam o cabelo curtíssimo para simbolizar o estado de pureza”donzelas”


A maquilhagem…?
Masculina sem dúvida! Desde o princípio dos tempos que o macho “caçador” se pintava “maquilhava” para caçar. A maquilhagem sempre esteve reservada aos homens, que eram guerreiros, aos piratas assim como os adornos brincos e colares. Só na sociedade moderna e industrializada, é que a maquilhagem é reservada exclusivamente as mulheres.


 E as saias.., as saias são femininas..?
Os romanos usavam túnicas ,desde o tempo dos reis que  os homens usavam saias e mantos,  os escoceses  kilts, os árabes utilizavam o jilabas , os pauliteiros saias de folhos .. E curiosamente desde o inicio principalmente no oriente, as mulheres camponesas usavam calças.


O que é certo, é que aquilo que a nossa sociedade de hoje entende como atributos femininos não são  nada mais nem nada menos que  aspectos que desde o inicio dos tempos faziam parte de todo o macho que se preze. Eram sinais de poder, riqueza e virilidade. Há pois é…!!


Mas há medida que as sociedades vão evoluindo … as mulheres  começaram a ornamentar-se  , mas só as de  classe elevada.. A burguesa ou a prostituta,  a mulher do “povo” não usava jóias ,nem maquilhagem, espartilhos ou perfume..As mulheres de classe baixa, que trabalhavam e pariam não usavam sapatos altos , penteados complicados ou maquilhagem. Isso era coisa da burguesia, que tinham como finalidade ornamentar-se, quanto mais produzidas mais o marido se podia orgulhar delas.. Mas essas tinham serviçais encarregadas de lhe cuidar dos filhos e dos serviços domésticos.


Depois isto deu uma volta… e surge a sociedade tipicamente urbana… e lá pelos anos 40/50 e até 60 cria-se a mulher objecto fabrico made in USA. Sacralizada nos filmes  tipo a Doris Dy , uma bonequinha de cabelo falso ,  alisado e descolorado com as maças do rosto cheias de rouge com de rosa e os lábios desenhados em forma de coração. Que esperava o seu esposo , com o jantar preparado e o martíni na mão…
Esta época ainda que mal comparado foi como os caniches, servia para caçar patos e ninguém se preocupava com o seu aspecto…era mais um cão de caracóis emaranhados. Mas alguém se lembrou de o transformar num animal de estimação…e sem função aparente para além de ser bonito e gracioso, hoje está transformado num animalzinho ridículo de pompons.


Com este testamento todo, não quero dizer que seja horrível uma mulher, pintar-se usar saltos altos , muito pelo contrario… tão saudável é expressar a nossa sexualidade como apresentar o nosso melhor aspecto. muito menos acho que os homens  deveriam usar rimel ou saltos altos...
Patética é a a distinção que se faz do feminino e masculino é avaliar-se a masculinidade por tabus.

Existe lá coisa melhor que a opinião sincera de um homem na hora das compras..?

 

 

 

 

publicado por Saia-Justa às 09:46
link | comentar | ver comentários (12) | favorito
Domingo, 24 de Maio de 2009

"É"Era uma vez!

        Rico muito rico, podre de rico, intensamente rico, tão rico que até chateava.. Tinha comprado objectos de um valor incalculável, tinha comprado terras, animais, tinha comprado pessoas. Tudo o que queria era seu.
Um belo dia acompanhado pela trupe particular de assessores, advogados, secretários e seguranças, cruzou-se no caminho com um homenzito sentado numa pedra que cantarolava “eu ouvi um passarinho as quatro da madrugada”enquanto sacudia a terra dos pés porque não tinha sapatos.


O tal do tipo podre de rico interrogou o estranho.
- Ouve lá pá, o que é que fazes sentado na minha propriedade?
- Desculpe-me, pois eu não sabia que este descampado era de alguém. Disse afavelmente o homenzito descalço e acrescentou ,com a minha extrema pobreza não tenho inclusive um mapa que me indique onde me encontro a cada momento, por isso não reparei que esta pedra onde estou sentado é sua…
- Extrema pobreza, dizes tu? O tipo pobre de rico inquiriu suspeitosamente.
- Sim, bem podia ser a pessoa mais pobre deste mundo.. Veja, estes farrapos que você vê são a única coisa que possuo.. a única..


O gajo podre de rico olhou pensativo para os trapos mal cheirosos que mal cobriam o corpo do despreocupado intruso e passado um bocado gritou autoritário - João!
Um homem magro de óculos e com cara de cão de fila apressadamente disse – Sim senhor X?
O senhor X que é o tal tipo podre de rico, sussurrou-lhe energicamente ao ouvido. Imediatamente o cão de fila dirigiu-se ao homenzito que nas calmas olhava aquela gente e pensava ele há cada cromo....


- O senhor X deseja saber em quanto estimas tu o valor da tua… extrema pobreza.

Mas ao ver a cara de aparvalhado do homenzito voltou a perguntar.
- Sim, qual é o valor exacto da tua pobreza?
-Essa é muito boa...! Ó homem nunca supus que a minha pobreza pudesse ter um valor ou preço algum.
- Tudo, homem, tudo têm um valor, e portanto um preço, qual é o da tua pobreza??
- Estão a gozar comigo? Mas para quê querem saber?
- O senhor x tem tudo o que deseja, e deseja tudo o que têm, e agora deseja compra-te.. a tua pobreza, dado que é tão extrema ,e portanto única.
- Comprar a minha pobreza? Rais te parta, mas estão a falar a serio? Mas vocês não vêem que a minha pobreza é incalculável?
- Taxa-a diz um preço.. Devias saber que o senhor x é o homem mais rico do pais e dos mais ricos do mundo, e não há preço, por mais elevado que seja, que ele não possa pagar.
- Mas, mas… o preço.. para que esse tal de senhor x possa adquirir   a minha pobreza seria, altíssimoooo.
- Mas diz o valor homem.
- Teria.. teria de dar-me tudo.


Tudo, tudo? ouviu-se um burburinho de vozes da pandilha que acompanhava o senhor x
- Claro, pensem bem, é a única maneira de ele possuir a minha pobreza, se me der menos do que tudo o que têm, já não terá a minha pobreza, terá uma pobreza inferior
- Não! Isso nunca! Disse o senhor x erguendo a voz
- Eu ganho sempre, saio sempre a ganhar!.. tu és um osso duro de roer, não? um tipo esperto..? estás disposta a regatear, verdade?
-Mas .. se o senhor me der menos do que peço estaria a defraudar-se a si próprio, não vê..?
- Bem, bem.. Resmungos o senhor x, impaciente e enojado, e depois de um  instante disse decidido
- Está bem tu ganhaste homem!! Negocio fechado, estendeu o braço e deu um parto de mão ao homem que pensou que aquele tipo era chanfrado de todo.


-João! Disse de novo, entrega agora mesmo a este homem uma acta notarial através da qual lhe concedo todos os meus bens em troca da sua incalculável pobreza. Redige um contrato de compra e venda e ele que assine.
Começou então a despir-se e ordenou aos outros homens que fizessem o mesmo. Em poucos minutos estava tudo em pelota como veio ao mundo, e o homenzito esfarrapado encontrou-se em frente de uma montanha de fatos e gravatas, camisas da “sacoor”fatos “Nuno Gama” e cuecas “calvin klein”.


Assombrado como estava, não conseguiu resistir quando lhe tiraram os farrapos para que o senhor X se pudesse vestir com eles.
E deste modo e sem mais palavras, ficou só e despido sentado em cima da mesma pedra, com um papel na mão que o creditava como proprietário legal de uma imensa fortuna.
Quando por fim tomou consciência de si, disse para si mesmo:
-Será possível… estes filhos da puta destes ricos … conseguem sempre tudo o que querem!

 

publicado por Saia-Justa às 21:51
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Saia justa , chique é chique

Voltei para casa com a saia do avesso.
A bem dizer , o  comportamento nunca foi meu ponto forte. Mas também não sou má pessoa.


Bom isto hoje esta confuso., também não é para menos, as vezes a saia justa tem destas coisas. Mas sempre fui supé–corajosa.
Compreensão…Eu tento! até  ouvi dizer que compreensão é aquilo que faz com que percebamos algo ou alguém diferente do que supomos ser normal .

Lá está,   respeitamos o modo  de ser, apesar de qualquer coisa e tentamos não julgar. Eu sou assim o mais possível.
Eu gosto de “descobrir” pessoas, todas as pessoas, diferentes mas o que gosto sobretudo é de pessoas..


Disse-me a minha tia Mariazinha :
- Se a menina vai ter com um piqueno devia trocar de saia.

Olhe querida tenho aqui as ultimas colecções de tudo quanto há de mais janota. Vista este Valentino que lhe vai cair lindamente e vai fazer uma vistaça.Leva esta Vuitton  que tá sempre na moda, tá a ver. E não esqueça o Rolex . Embora seja tudo da feira de Carcavelos um piqueno apaixonado nunca vai notar. .


Nem pensar é que  sou supé- simples.
O (jója)sabe que não ligo a esses luxos. Não sei se tem sangue azul mas no mínimo roxo deve ser.

Muito culto, o seu livro de cabeceira é o livro de cheques.
 É um homem supé viajado tanto está hoje aqui como amanhã toma o pequeno almoço em Paris e a seguir janta em Nova York com negócios em todo o mundo inclusive no  do Bubai .


Claro que estou impressionada com tudo o que o (Jója) me disse .

Mas eu tambem sou muito bem nascida! Quer dizer bem nascida porque a minha família é do melhorio.  Tem nome apelido e essas coisas todas Em termos de parto embora estivesse lá não me lembro.


Fantástica é o meu nome do meio.

O aspecto dos 25 mantêm-se, tão a ver, só que agora é tudo em bom. Como tenho uma alimentação supé saudável sou magra e gira.
 Não gosto de luxos acho psidonio . Tenho gastos do mais simples possível carteiras só Gucci e os sapatos Manolo Blahnick é por causa dos joanetes tão a ver, não os tenho mas mais vale prevenir.


Saia justa  Prada  e com um top supé fashion comprado na feira hippy de Ibiza  ( aqui entre nós foi na feira de Carcavelos mas isso agora também não  interessa nada) lá fui eu ao encontro do meu encantador “namorado”

 Expectante… tínhamos combinado este encontro mas estávamos em vias de viajar..

Esta gente rica do jet sete ainda me consegue surpreender… estão  assim com um aspecto, como vou dizer…. Há já sei,deve ser  é para disfarça..! Não vá alguém lhe oferecer emprego no sector das vendas..

Então o aspecto é assim entre o hippy pouco chique e a boutique alcofa / feira da Buraca.


Mas eu gosto de pessoas, já disse que gosto. E tentei entender…
Quanto há viagem , deu-me a desculpa que já tinha viajado tanto, tadito tava supé cansado.  Sugeri-me então uma viagem de eléctrico do Rossio ao Castelo . O  almoço… (A menina sabe que é fantástico e fica lindamente dizer aos seu amigos que teve misturada com os pobrezinhos.)foi numa simpática tasca típica e um charro para sobremesa.

 

A saia do avesso? Não, não foi de sexo… começo ate a desconfiar que é gay. Que me desculpem os gays..


Agora digam lá gente fina não é outra coisa..?

 

Momento zen sorrir faz falta
 

publicado por Saia-Justa às 22:06
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Beleza é fundamental?

Já no inicio da  década de (80) os Roquivários cantavam:
“Cristina não vais levar a mal mas beleza é fundamental”
Isto da beleza sempre foi "coisa" “exigida” as mulheres ao longo dos tempos. Desde letras de canções, a concursos de misses (altamente duvidosos) revistas, publicidade, artigos de opinião  etc  a mulher quer-se: magra, torneada, bem vestida e cheirosa, em suma: bela…   ter neurónios não parece  ser  condição “sine qua non” o importante é ser boazona.
Não sei o que o mundo pensa sobre beleza. Mas é fácil encontrar opiniões sobre o que os homens pensam sobre mulheres …. Existe por ai muitos artigos a  onde eles põem a nu o que pensam delas. Com opiniões   muito pouco abonatórios a sua própria inteligência.(diga-se de passagem)
 
Somos "julgadas"e avaliadas por "filhote de gente" que nos querem fazer acreditar que ser , comum é quase um pecado.  exigem tantas vezes o que não tem para oferecer....
 
Isto faz-me lembrar a "historia"de um tipo que durante algum tempo se promoveu como um supra sumo, vivia num reino só dele... Estilista de primeira agua . Que só se fazia acompanhar das "melhores" mulheres . Nos seus delírios a futura namorada teria que mudar... entre outras coisa passar a vestir adequadamente para ser vista com ele... Pouco inteligente e apanhado na curva, esqueceu-se de dizer que se homem "usasse" soutien o dele,no mínimo seriam dois números a cima  do que a namorada usava, tal não era a beleza dele naquele corpinho danone.
É verdades que vivemos numa sociedade onde a beleza do corpo físico tornou-se o bilhete de identidade para quase tudo? Mas é só para elas?
 
E nós… o que pensamos deles…

Não sejamos hipócritas... Não julguem os machos que a elas qualquer “chanato” serve só porque vestes calças… Deixem-se de ilusões, estão muito enganados!
São é mais requintadas, evidentemente, afinal não é o que é esperado..?
Um homem interessante é mais bonito que um homem cuja beleza não suscita dúvidas. ( ao contrario do que eles acham) Gostamos de um homem que nos perturbe. A beleza só  enche os olhos e pronto. Não acham que é fascinante começar a gostar cada vez mais sem saber bem porque?


Mas muitos não atingem…

Parecem machos no cio sempre à beira do orgasmo, mas não se vem..!
E por falar em orgasmo, existe também os entendidos… Em sexo claro está. Quando se despem o corpito nem é  lá “aquelas coisas” mas isso a gente releva… Mas sexo para eles é dar um queca e bocejar de seguida. Sonolentos e com vontade de se virarem para o outro lado e dormir...É de bradar aos céus ,é ou não é? Isto é como um banho gelado e deixa qualquer mulher à beira de um ataque de nervos..!!  É falta de competência! Contra factos não há argumentos... Homem que é homem tenta manter-se acordado nem que para isso tenha que dar beliscões na própria bunda.
 
Muitos deles já se perguntaram certamente porque é que a boazona que mora ao  lado, namora com um camafeu, que não lembra a ninguém  ao contrário de todas as expectativas,  ou não?
A resposta é fácil: É que ele de certeza sabe  como tratar uma mulher e sabe perfeitamente as coisas que ela gosta e as coisas que não gosta. E assume-se como ele próprio, com todos os defeitos e qualidades, e é disse que uma mulher gosta. Tenta, por isso corresponder às  expectativas sendo ele próprio.


Pois é, para uma mulher gostar de um homem, não basta usar calças e ser do sexo masculino! Sim, sim, existem outros predicados que também apreciamos, ou julgam que só os homens têm opinião? E não pense que é o físico o que primeiro nos atrai.. Deixem-se disso… Obvio que juntar o útil ao agradável nunca fez mal a ninguém mas a nossa inteligência não nos permite comer só com os olhos ou emprenhar pelos ouvidos.
Na verdade, alguns parecem perfeitos nos mais ínfimos detalhes, porque uma coisa que todos fazem muito bem é : Dar-nos música.


De inicio são capazes de levar uma mulher aos píncaros, é verdade ( com muita mentira) mas há que lhes  dar crédito..! São excelentes,  carinhosos,  desejosos, algumas vezes surpreendentes... Por vezes  tornam as mulheres o centro das suas vidas (como nós gostamos destas alturas!!!) e mais muito mais.
Mas depois cometem erros crassos. Por amadorismo ,falta de conteúdo ou mesmo burrice…O verniz estala e podemos ver facilmente através  dele e isso é  de caixão à cova. Salve Seja!

 

Mas  existem coisas que não dá para fechar os olhos e passar por cima.

Podemos perdoar a vossa falta de beleza, mais ou menos gordurita , a barriguita de cerveja ,não, isso não nos incómoda de sobre maneira… Mas não nos julguem pelas aparências…Porque de burras não temos nada. E quando menos esperam recebem um balde de agua fria.
Vá lá, palpitem sobre o futebol, corridas de motas  o canal playboy ou até o sex hot mas deixem-se de julgar as mulheres pela beleza.

Porque nisso meus amigos vocês ficavam a  perder...!!!!
 

 

 

publicado por Saia-Justa às 11:07
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Tinha que começar por algum lado

Alguém disse (e eu até sei quem foi) mas não vou dizer..! Porque bem vistas as coisas ninguém me paga para fazer publicidade, é ou não é?
Punem-te por todas as virtudes,só te  perdoam plenamente os teus enganos!
E porque..? Boa pergunta!
Porque eles não tem culpa da sua mesquinhes existencial…Mas a sua alma  pensa: "Toda a existência em (grande )é um delito"

 

 

publicado por Saia-Justa às 15:02
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 30 seguidores

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cambada...

. O respeitinho é muito bon...

. O Cônsul Desobediente

. O livro ( Caim)

. Ser ou não ser

. Anda por ai um mau humor

. Quase Perfeita

. Macgyver de saias

. Eu pecadora me confesso !...

. A velhice é um posto

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.últ. comentários

Pois eu achei o máximo
Para inicio de conversa , quando me quiser confess...
Cómico
O tempo passa;)A verdadeira personalidade da “che...
Pontos de vista... Há quem se deixe seduzir por um...
Um bom filho a casa torna… ora se não é o RA ..:))...
Publicidade duvidosa (risos)
Esta ou a outra? Fico sempre na dúvida. Ou como di...
E outra que não necessitam de explicação;)
Há coisas que nem o café explicam...hehe
RSS