Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Divagações… Amor & paixão

Gosto das surpresas da vida e dos mistérios também…gosto de correr riscos embora minimamente calculados, gosto de viver stressada gosto de agitação não gosto de coisa mornas nem paradas gosto da minha inconstância, teimosia e irregularidade. Gosto de amar mas não sei falar de amor…!

Sou poucos, mas tenho dias que me deixo influenciar… por algo que leio por uma palavra que ouço por um gesto aqui ou ali por um sorriso. Um defeito ou qualidade que tenho é a boa observação …  o ultimo post da (tailleur-e-saltosaltos) acho que me influenciou.

Não sei se vivemos uma vida alucinante onde “temos” tudo ou onde tudo nos “falta”… Talvez um pouco vazia de sentimentos ou os sentimentos e as prioridades andam trocadas.!!

Numa dessas conversas de mulheres,     dizia  uma delas, que dava tudo por uma grande paixão…!

Apesar de casada … e amar o companheiro não é definitivamente a paixão da vida dela, mas é o amor!
Isto é difícil de entender…?  Talvez não.

Ao longo da história o amor e a paixão  eram escritos lado a lado, mas são sentimentos diferentes que se podem completar ou não. 
A paixão existe sem amor,   dura intensamente por um curto espaço de tempo e é efémera. Pode ser simplesmente uma satisfação egoísta .. é forte e frágil envolve invariavelmente  atracção física e desejo sexual, a  paixão não dorme, consome, desgasta, ocupa integralmente espaço e tempo .
As paixões não são eternas e o destino habitual, quando a relação persiste no tempo e cresce, é transformar-se em amor ou acabam pura e simplesmente por morrer.

E o amor acontece ou não na medida em que passamos  a ter uma visão real da verdade do outro.
O amor… ora o amor é lindas bolas!
O  amor autêntico é  quando estamos disponíveis para o outro..e fazemos tudo para que seja feliz.  Amar alguém é uma intensidade de sentimentos, cumplicidade, amizade, carinho etc..
Mas  será que é só a   paixão que nos põe o coração a  bater  descompassado?

O friozinho na barriga o desejo alucinado a tesão..?
A paixão e o amor podem ou não andar lado a lado… mas a tal paixão não se pode tentar encontrá-la dentro de casa......???
Devem ser muitos poucos os felizardos que conseguem viver eternamente em clima de paixão  e amor ao longo dos anos… seria demasiado vertiginoso ou não…

E vocês acham que a paixão morrer e  sobreviver só o amor e a cumplicidade?
Já tiveram uma grande paixão?
O que é mais importante,   (o nosso tudo...)um grande amor ou uma grande paixão...?

Há quem diga que as historias de amor são pouco interessantes...    só sobrevivem enquanto existir paixão loucura encontros e desencontros.. Assim como não filmes, quando os casais por fim se entendem acaba o filme porque já não á mais nada a acrescentar..

A ver por algumas velhas máximas não é fácil ...
Moisés disse: a Lei é tudo.. Jesus disse: o Amor é tudo..Marx disse: o Capital é tudo..Freud disse: o Sexo é tudo..
E veio Einstein e disse: TUDO é relativo...
E trocariam um grande amor por uma grande paixão?
 
"Todos somos normais até nos conhecermos melhor"
M.Rebelo Pinto

publicado por Saia-Justa às 15:30
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De (in)decente a 9 de Junho de 2009 às 16:10
Huummm .... Estas tuas perguntas

O amor dá-nos a segurança que a paixão não nos dá porque como dizes é efémera... Se trocava um grande amor por uma paixão? Hum... Isso é tão complicado de se responder Podia dizer que sim, mas como Montesquieu diz algures num dos seus muitos livros: o homem nunca está bem com aquilo que tem. Por isso, muito provavelmente se eu trocasse esse grande amor por uma grande paixão quando essa grande paixão terminasse iria ficar ou não arrependida de ter abandonado o tal grande amor. Mas eu sei lá...

De Saia-Justa a 15 de Junho de 2009 às 14:03
Boa resposta… são as indecisões que as vezes nos fazem ter os pés no chão, é ou não é?

Mas quem é que em sã consciência é capaz de dizer que não gostava de viver uma grande e arrebatadora paixão? Se der para conciliar com um grande amor seria perfeito. E a vida é perfeita..?
De tailleur-e-saltosaltos a 9 de Junho de 2009 às 16:39
Ora ora....quem diria!

mas também gosto deste teu lado que sei que tens

Bem responder ponto por ponto era aliciantante mas não quero estragar o post com as minhas filosofias!

Apesar de casada … e amar o companheiro não é definitivamente a paixão da vida dela, mas é o amor!

Esta não entendi, eu não sei tudo mas acho que tal não existe se é amor tem que comportar a paixão. O verdadeiro amor comporta e concilia tudo, períodos de paixão com períodos de rotina, stress, discussões de caixão á cova mas para ser amor tem de ter tudo, companheirismo, compreensão, tesão, opiniões divergentes, maneiras de ser e estar etc etc e tal....

Isso que a tua amiga sente será outra espécie de amor, um amor que engloba acomodação, habituação, estagnação, não deixa de ser amor mas será algo sem muita substancia, desculpa é só a minha opinião e vale o que vale mas eu acho que um verdadeiro amor que não se reeinvente que não arda de vez em quando nas chamas da paixão então não tem pernas para andar e qualquer paixão fugaz o desmente.

Se eu trocaria um grande amor por uma paixão?? Até agora daquilo que conheço de mim digo-te taxativamente que não mas até me conhecer melhor sou normal!

Já agora acrescento aquela do Shakespeare- Só sei que nada sei....
De Saia-Justa a 15 de Junho de 2009 às 14:12
Tenho vários “lados”

Gostava de te ver filosofar, lá isso gostava acho que acrescentava muita coisa ao post.

Mas lamento desiludir-te e acabar com esse teu lado romântico mas nem todo o grande amor tem paixão nem a paixão é sinonimo de um grande amor. Mas isso se quiseres posso te fazer um desenho.

Concordo que o amor verdade tem que ter mais do que paixão mas também paixão e uma pitadinha de tudo o resto que tão bem descreves.

Pois eu não estou tão satisfeita com couves que de certeza não trocava, mas tenho um lema..nunca digas nunca.

De R.A a 9 de Junho de 2009 às 19:31
A paixão vive sem amor o amor não sobrevive sem paixão
Bonito o novo visual
BFS
De Saia-Justa a 15 de Junho de 2009 às 14:13
Pode ser verdade... mas existem amores sem chama ou paixão.

Tambem gosto
De Conversavadia a 9 de Junho de 2009 às 20:42
São coisas distintas;)
De Saia-Justa a 15 de Junho de 2009 às 14:13
Pois, diz que sim
De Decadente a 10 de Junho de 2009 às 22:02
Yap eu cá dava tudo por um grande amor, as paixões, e que grandes elas foram, já me cansam, são previsíveis e dispendiosas!
De filhosdapauta a 13 de Junho de 2009 às 21:19
Os sentimentos são subjectivos amor cresce e amadurece, mas essas características requerem tempo, a paixão aparece e desaparece de forma repentina. quero viver um grande amor repleto de paixão os dois em simultâneo era perfeito.
Até lá vou me dedicando à poesia
De Saia-Justa a 15 de Junho de 2009 às 14:22
E que poesia..

É como os cozinhados uns aquecem em banho Maria e com tempo outros no microondas vão a altas temperaturas com rapidez e rapidamente esfria..

Se a vida fosse prefeita andavam de mãos dadas, amor e paixão.

De Saia-Justa a 15 de Junho de 2009 às 14:22
Um grande amor é viver em pleno, digo eu.. a paixão é passageira e previsível, concordo dispendiosas já depende do ou da “mercenária” objecto da paixão.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 30 seguidores

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Um par de meias...

. Música é música

. O silêncio é de ouro…

. Cambada...

. Diazinho...

. Na vida nada bate o praze...

. Heaven

. O respeitinho é muito bon...

. Momentos

. O Cônsul Desobediente

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.últ. comentários

Pois eu achei o máximo
Para inicio de conversa , quando me quiser confess...
Cómico
O tempo passa;)A verdadeira personalidade da “che...
Pontos de vista... Há quem se deixe seduzir por um...
Um bom filho a casa torna… ora se não é o RA ..:))...
Publicidade duvidosa (risos)
Esta ou a outra? Fico sempre na dúvida. Ou como di...
E outra que não necessitam de explicação;)
Há coisas que nem o café explicam...hehe