Terça-feira, 30 de Junho de 2009

Quase Perfeita

Rio Homem - Parque Nacional da Peneda-Gerês
Penso sempre que a vida é uma passagem onde todos nós sem excepção vamos e voltamos na procura da perfeição. Utópica dizem-me alguns, sonhadora dizem-me outros, a perfeição não existe.

A maioria diz que não existe que é uma utopia.

Em determinadas alturas da nossa vida já todos lemos uma frase perfeita, que para nós faz todo o sentido. Já escutamos a música que se torna perfeita pelas palavras do poeta. Já lemos o livro que pela beleza ou realismo da sua historia nos envolve no enredo perfeito da vida.

Hoje apetece-me ser perfeita, ser eu. Eu realmente, sem ser o que se espera de mim, sem as frases do costume as atitudes de sempre a previsível …

Quantos de nós conseguem realmente ser na sua essência? Somos limitados por todos os lados por uma sociedade uma família um grupo de amigos.

É esperado de nós que sejamos educados e sejam seguidas as regras da boa convivência e educação.

Trabalhadores produtivos, no trabalho devemos chegar a horas cronometradas, ter em conta as hierarquias e cumprir ordens, certas ou erradas não as devemos questionar quando vem de um superior hierático. A quantos de nós já não apeteceu chamar básico a um (chefe) limitado … manda-lo aquela parte e lavar a alma???

A sociedade espera de nós educação a arte da boa convivência com os demais, exigi-nos uma ética moral e regras previamente estabelecidas. A quantos de nós já não apeteceu quebrar todas as regras e tabus, e aproveitar os momentos de loucura que provisoriamente afloram na nossa cabeça? Mas somos reprimidos por amarras silenciosas.

A família quer-se unida, existe quase que uma espécie de código de honra estabelecido que todos apregoam mas poucos acreditam. Podemos dizer que seguimos os estatutos da família que “assinamos” quando a começamos a formar.

A quantos de nós já não apeteceu extrapolar todas esses estatutos mandar toda essa honra ás ortigas nem que seja por momentos…?  Quando aquele bichinhos que nos martela a cabeça com ideias mirabolantes… podemos conversar, claro que podemos… mas fica sempre a duvida se vale a pena, afinal são pequenos momentos de alienação.

Mas a perfeição existe, sim existe quando realmente somos nós são os momentos em que nos sentimos verdadeiros com as nossas vontades.

Quando conseguimos dizer sem vergonhas que temos dúvidas, quando sem vergonhas admitimos que precisamos de um abraço, quando recebemos um sorriso espontâneo de alguém especial, quando temos a coragem de reconhecer que a perfeição é demitir que não se é perfeito. E que hoje eu sou o que  “quero ” em vez do que “esperam ”que seja. A perfeição do sonho que vivemos é mais perfeita que a perfeição imagina.

Querermos sempre mais,  que  as pessoas que se cruzam na nossa vida sejam exactamente aquilo que procuramos, as situações perfeitas , a vida confortável e arrumadinha, esperamos dos outros o que eles esperam de nós…
A vida corre veloz, nunca ninguém sabe quando faz ou fez as melhores escolhas, nunca se pode terá  certeza, mas também, nunca sabemos o futuro…

Penso sempre que a vida é uma passagem onde todos nós sem excepção vamos e voltamos na procura da perfeição.

Hoje Apetece-me ir, ir sempre em frente para aquilo que não se espera de mim, apetece-me ser eu.

 

 

Confuso…?

publicado por Saia-Justa às 11:45
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De desejososer a 30 de Junho de 2009 às 13:00
A perfeição não existe!
Apenas momentos perfeitos...
Quem espera por eles pode nunca chegar a conhecê-los, por isso o melhor é procurá-los.
E encontram-se facilmente, ainda que por vezes
seja necessário sair dos trilhos que nos guiam...
Há que saber também escolhê-los, porque muitos
podem parecer perfeitos mas acabam por se desvendar no oposto.
Sejam...perfeitos...!
E sejam vocês...
Nem que seja por momentos!!!

De Saia-Justa a 13 de Julho de 2009 às 08:45
Realisticamente a perfeição não existe é um facto mas quantas vezes durante a nossa vida encontramos não só momentos mas pessoas, objectos etc.. que achamos perfeitos? Nem que seja por um curto período de tempo..

Eu tenho teoria de que tudo o que é perfeito é chato e completamente desinteressante. Prefiro mil vezes os (imperfeitos) mas genuínos.

Bom dia ;)
De filhosdapauta a 30 de Junho de 2009 às 13:46
Menos confuso e mais realista talvez diferente dos outros. A perfeição é um sentimento uma qualidade que não tem nenhum defeito e nos faz sentir únicos, são momentos. Aqui impõe-se a pergunta, saia justa , pecadora ou outra
De Saia-Justa a 13 de Julho de 2009 às 08:45
Olá
Gostei desta : “A perfeição é um sentimento uma qualidade que não tem nenhum defeito e nos faz sentir únicos”

Cada um lhe chama o que quiser.. Uns será perfeição outros genuinidade..!

Uma apanhado de todas elas até porque não sou perfeita;)

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 30 seguidores

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Um par de meias...

. Música é música

. O silêncio é de ouro…

. Cambada...

. Diazinho...

. Na vida nada bate o praze...

. Heaven

. O respeitinho é muito bon...

. Momentos

. O Cônsul Desobediente

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.últ. comentários

Pois eu achei o máximo
Para inicio de conversa , quando me quiser confess...
Cómico
O tempo passa;)A verdadeira personalidade da “che...
Pontos de vista... Há quem se deixe seduzir por um...
Um bom filho a casa torna… ora se não é o RA ..:))...
Publicidade duvidosa (risos)
Esta ou a outra? Fico sempre na dúvida. Ou como di...
E outra que não necessitam de explicação;)
Há coisas que nem o café explicam...hehe